quinta-feira, 5 de junho de 2014

A era Joaquim Barbosa


A história de Joaquim Barbosa é mesmo um exemplo de superação. Filho de um pedreiro e uma dona de casa estudou em escola púbica, formou-se numa universidade federal e assumiu importantes cargos depois de ser aprovado em concurso público.
Barbosa não recebeu ajuda de padrinhos influentes e nem favores. Ele preferiu seguir sua vida solitária e trilhar caminhos árduos, o que chamou a atenção de Lula.

O ex-presidente pretendia calar o preconceito em escolher pela primeira vez um negro para a mais alta Corte do Judiciário. O que o petista não imaginava era que iria acertar em muita coisa. Lula escolheu o homem certo, na hora certa para desferir o mais duro golpe contra a corrupção na história recente do país.
O corajoso Joaquim Barbosa bateu de frente com os próprios colegas para garantir acelerar as votações. Chegou a acusa-los de cumplicidade e acabou isolado dentro do Tribunal.
O grande Ministro  saiu de cena e declarando o caso mensalão  como encerrado. O Supremo deu aos brasileiros uma lição de moralidade e intransigência com as roubalheiras, ensinando que lei é lei para todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas