quarta-feira, 11 de junho de 2014

No escuro, eles tomam as decisões



Desde que o deputado André Vargas foi visto em bate papo com o doleiro Alberto Youssef, preso por chefiar um esquema bilionário, denuncias da imprensa dizem as instituições políticas o trataram com intenso rigor.

Vargas era o vice presidente da Câmara e integrante importantíssimo do PT. E ficou "pasmo" quando viu seus companheiros pedirem publicamente sua renúncia. Depois disso, foi expulso do partido, aparentemente abandonado e condenado a encerrar sua carreira política de forma vergonhosa. Afinal, ele foi um político que traiu seus eleitores.

Só que nem tudo que parece ser verdade pode ser realmente. Na Câmara, Vargas continua bajulado por outros deputados de diferentes partidos. Em conversas, é possível ouvir o deputado opinando sobre os assuntos diversos, inclusive sobre aquilo que está passando.

O que podemos concluir é que em público o PT defende uma punição exemplar para Vargas, mas nos bastidores o PT se articula para salvá-lo da cassação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas