terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Surto de dengue ameaça seis regiões do Distrito Federal


Situação é pior em Sobradinho 2. Secretário atribui risco ao racionamento. Como a população está armazenando mais água, aumentou o número de criadouros


Seis regiões administrativas correm risco de ter um surto de dengue, segundo levantamento da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (DF): Fercal, Lago Norte, Lago Sul, Park Way, Sobradinho 2 e Varjão. O estudo aponta que, nestes locais, 3,9% das casas e dos prédios vistoriados pela pasta estão infestados de larvas de mosquitos Aedes aegypti, que transmite também zika e chikungunya. 


No DF inteiro, a média de imóveis infestados chega a 2,05%, suficiente para colocar as autoridades de saúde em alerta. A pior situação é a de Sobradinho 2. Lá, 11,57% das casas e prédios têm larvas e mosquitos, segundo a análise da Secretaria de Saúde. 


"Precisamos alertar a população de que estamos com aumento na infestação do mosquito", avisou o secretário Humberto Fonseca. Em sete semanas, a pasta detectou 360 casos notificados e 295 prováveis de dengue.


Das regiões, Águas Claras, Guará, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Riacho Fundo 1 e 2, Santa Maria, SCIA, SIA, Sudoeste e Octogonal registraram niveis satisfatórios. "Mas são números que mudam de uma semana para outra. O alerta vale para todo o DF ", destacou Fonseca.

Fonte: Jornal de Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas