segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Projeto social do DF revela jogadora da seleção brasileira Sub- 17


Ela sonhava em ser uma estrela do futebol desde a sua infância, ou seja, com quase cinco anos jogava no quintal de casa. Depois disso, passou a brincar de bola com os amigos da comunidade em que morava. A garotinha Flavia Pissaia conheceu uma outra menina que fez um teste no projeto social Juventude Universal, no Distrito Federal.

Naquela época Pissaia conta que também participou dos testes e acabou ficando no projeto por seis meses. “Passei na 1ª fase da peneira do Juventude Universal, após isso conheci a professora Dani Mendes e comecei na escolinha do Orlando. E depois me destaquei em um jogo contra o ADC.  E nesta escolinha comecei um treinamento mais pesado. Então fui para a peneira do Santos e Ferroviária”, relatou.


Atualmente a meio campista da seleção brasileira sub-17 afirma que o futebol do Juventude Universal lhe trouxe vários ensinamentos. “Foi uma grande preparação, pois significa o meu início e o futebol é uma grande lição porque aguentar ficar longe da minha família e realizar meu sonho, não é fácil, mas quero muito dar orgulho para os meus pais”, destacou.

O técnico do projeto Juventude Universal, José Teixeira, relembra a chegada de Flavia. “Lembro como se fosse hoje quando mãe dela chegou no campo me pedindo uma orientação se de fato a Flavia teria futuro no futebol. Logo minha resposta foi sincera dizendo à ela que teria sim muito futuro. Então depois daquele diálogo a mãe e a própria Flavia decidiram realmente continuar prosseguindo em busca do seu sonho de ser jogadora de futebol”, destacou.

Com o projeto Juventude Universal do DF

José Teixeira mais conhecido como “professor Zezinho” destaca que teve o prazer de ser o treinador da atleta e vivenciar o seu crescimento no futebol. “Hoje ela não faz parte mais do meu elenco, mas faz parte do meu círculo de amizades como treinador e amigo. Fico muito feliz por ela está jogando na seleção brasileira e sempre estarei na torcida para que conquiste muitos títulos pra abrilhantar mais ainda seu futebol”, disse.

 Histórico:
Ana Flávia é oriunda de Arvoredo-SC, mas sua família se mantém da agricultura, no Entorno do Distrito Federal, na cidade de São João da Aliança-GO. Após sair do  do Clube Atlético Taguatinga representado pelo (Projeto Conexão Esporte Juventude Universal), a atleta iniciou seus treinamentos na franquia brasiliense do Orlando City-USA, com a professora Daniele Mendes, que foi uma grande fonte de ensino para o seu crescimento tático, técnico e físico.
No clube, que tem como área de atuação a 608 sul e Vicente Pires, a meio campista treinou junto com Daniele por cerca de um ano e sete meses, conciliando o aprimoramento de suas qualidades nos fundamentos e treinamentos fora de campo, com a parceria do professor Márcio Oliveira, do UniCeub.

Reportagem: Geysa Albuquerque


Um comentário:

Últimas