quinta-feira, 29 de novembro de 2018

O que abre e o que fecha no Dia do Evangélico

Funcionamento de serviços públicos será diferente no feriado desta sexta (30). Metrô circulará das 6 às 23 horas


O horário de funcionamento de serviços públicos no Distrito Federal será alterado nesta sexta-feira (30), feriado do Dia do Evangélico. Órgãos como o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) e a Secretaria de Fazenda não terão expediente.

As linhas de ônibus, por sua vez, operam conforme escala de sábado. As rotas com destino à Esplanada dos Ministérios, às escolas técnicas federais e à Universidade de Brasília (UnB), contudo, mantêm os horários de dia útil.

Os trens da Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) também circulam em horário diferenciado, das 6 às 23 horas.

A data, comemorada em 30 de novembro, foi instituída por meio da Lei Distrital nº 963, de 4 de dezembro de 1995.

SERVIÇOS PÚBLICOS

BRB

As agências do Banco de Brasília (BRB) e as unidades do BRB Conveniência estarão fechadas na sexta-feira (30).

Detran-DF

Os postos de atendimento do Detran-DF estarão fechados na sexta-feira (30). Serão feitos plantões de fiscalização.

Hemocentro

A Fundação Hemocentro de Brasília não abrirá na sexta-feira (30). No sábado (1º), o funcionamento será das 7 às 18 horas.

A instituição fica no Setor Médico-Hospitalar Norte, Quadra 3, Conjunto A, Bloco 3 (Asa Norte). Agendamento e mais informações pelo telefone 160, opção 2.

Na Hora

Os postos do Na Hora não funcionarão no feriado. No sábado (1º), as unidades abrem das 7h30 às 13 horas, com exceção do posto da Rodoviária, fechado para manutenção.

Saúde

As emergências dos hospitais e as unidades de pronto-atendimento (UPAs) abrirão normalmente. Ambulatórios, policlínicas e unidades básicas de saúde (UBS) estarão fechados.

Secretaria de Fazenda

Na sexta-feira (30), as agências da Secretaria de Fazenda e o atendimento telefônico pela central 156, opção 3, não vão funcionar.

O atendimento virtual para dúvidas e solicitações estará disponível, mas as respostas serão dadas posteriormente.

Emissões de segunda via para pagamento de impostos poderão ser feitas normalmente pelo site.

Segurança

As delegacias da Polícia Civil funcionarão em regime de plantão na sexta-feira (30). A Delegacia Eletrônica, as centrais de flagrante e o telefone 197 ficarão disponíveis 24 horas. As demais delegacias funcionam das 9 às 19 horas nos dias úteis, para atendimento ao público.

TRANSPORTE

Metrô

Vai circular das 6 às 23 horas.

DFTrans

As linhas de ônibus vão operar conforme a tabela de sábado no feriado. As rotas com destino à Esplanada dos Ministérios, aos Setores de Autarquias Norte e Sul, aos campi das Escolas Técnicas federais e à UnB seguem a escala de dia útil. Os horários estão disponíveis no site do DFTrans.
PONTOS TURÍSTICOS

Catetinho

(Km 0, BR-040, Gama)

Funcionamento normal no feriado, das 9 às 17 horas.

(61) 3338-8803

Jardim Botânico

(Área Especial, Setor de Mansões Dom Bosco, entrada pela QI 23 do Lago Sul)

Ficará aberto normalmente no feriado, das 9 às 17 horas.

A entrada custa R$ 5 por pessoa. Crianças de até 12 anos, idosos (acima de 60 anos) e pessoas com deficiência não pagam ingresso.

De terça a domingo, das 7 horas às 8h50, é permitida a entrada sem cobrança de ingresso somente a pedestres e ciclistas.

(61) 3366-5597

Jardim Zoológico

(Avenida das Nações, L4 Sul)

Abrirá normalmente no feriado, das 8h30 às 17 horas.

O ingresso custa R$ 10. Crianças de 6 a 12 anos, estudantes, idosos (acima de 60 anos), professores e beneficiários de programas sociais do governo pagam meia-entrada.

Para crianças com até 5 anos de idade e pessoas com deficiência, o acesso é gratuito.

Memorial dos Povos Indígenas

(Eixo Monumental, em frente ao Memorial JK)

Estará aberto normalmente, das 10 às 17 horas.

(61) 3344-1154 e 3342-1156

Museu Nacional

(Setor Cultural Sul, perto da Rodoviária do Plano Piloto)

Funcionará normalmente, das 9 horas às 18h30.

(61) 3325-5220 e 3325-6410

Museu Vivo da Memória Candanga

(Epia Sul, Lote D, Núcleo Bandeirante)

Abre normalmente, das 9 às 17 horas.

(61) 3301-3590

Torre de TV

(Eixo Monumental, s/n, Jardim Burle Marx)

O monumento está fechado para manutenção.
BIBLIOTECAS

Biblioteca Pública de Brasília

(EQS 312/313)

A biblioteca fica fechada na sexta-feira (30).

(61) 3245-5022

Biblioteca Nacional de Brasília

(Esplanada dos Ministérios, próximo à Rodoviária do Plano Piloto)

Estará fechada no feriado. Funcionará normalmente no sábado (1º) e no domingo (2), das 8 às 14 horas.

(61) 3325-6237
ESPAÇOS CULTURAIS

Casa do Cantador

(QNM 32, Área Especial, Ceilândia Sul)

O espaço fica fechado na sexta-feira (30).

(61) 3378-5067

Centro Cultural Três Poderes

(Praça dos Três Poderes, Esplanada dos Ministérios)

Abrirá das 9 às 18 horas.

(61) 3325-6244, 3323-3728 e 3326-7709

Cine Brasília

(106/107 Sul)

Funcionará normalmente. O cinema abriga até 4 de dezembro o Lobo Fest — Festival Internacional de Filmes.

(61) 3244-1660

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas dentro de casa


Polícia suspeita de latrocínio, já que R$ 30 que estavam com a vítima teriam sido levados
Uma idosa de 106 anos foi assassinada a pauladas dentro da própria casa, na cidade de Feira Nova do Maranhão (MA). O crime aconteceu nesse sábado (17/11) e a polícia suspeita de latrocínio, já que R$ 30 que estavam com a vítima teriam sido levados.

De acordo com o portal G1, Antônia Conceição da Silva estava sozinha em casa, após o neto que morava com ela ter saído para uma festa. O autor do crime invadiu a residência por um buraco feito no telhado e deixou pegadas na parede ao fugir. O corpo da idosa foi encontrado com sinais de estrangulamento e espancamento. Três suspeitos já teriam sido ouvidos pela polícia.

Ainda conforme o G1, a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão informou que o caso será investigado pela Delegacia Municipal de Riachão, cidade que fica a cerca de 60 Km de distância. Feira Nova do Maranhão fica a 800 Km da capital, São Luís, e tem uma população estimada de 8.481 moradores, segundo o IBGE.

Fonte: O Democrata

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Caso Daniel: Mais um suspeito de envolvimento na morte do jogador presta depoimento à polícia



Depoimento começou às 10h desta segunda-feira (12); jogador foi morto na Região Metropolitana de Curitiba em 27 de outubro.


Eduardo Henrique da Silva, um dos seis supeitos de participação na morte do jogador Daniel, está sendo ouvido pela Polícia Civil do Paraná nesta segunda-feira (12). O depoimento começou às 10h.


O rapaz de 19 anos foi preso em Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná, na quarta-feira (7). De lá, foi levado para a Delegacia de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, onde está detido.



Eduardo é primo de Cristiana Brittes, esposa do empresário Edison Luiz Brittes Júnior. O empresário confessou ter matado Daniel.




A família Brittes – Edison, Cristiana e Allana, que é a filha de 18 anos do casal – está presa temporariamente. Os três já prestaram depoimento à Polícia Civil.


Outros dois supeitos também já foram ouvidos. Ygor King, de 19 anos, e David Willian da Silva, de 18, estão presos desde quinta-feira (8).


Além deles, o delegado Amadeu Trevisan ouviu testemunhas que estavam na casa na data do crime e familiares do jogador Daniel.


Segundo a polícia, a família Brittes e os três outros suspeitos devem ser indiciados por homicídio qualificado.

Fonte:G1

terça-feira, 6 de novembro de 2018

CRLV digital: saiba como baixar o documento do carro


Certificado está disponível, em Android e iOS, para quem quitou todos os débitos do veículo. Não é necessário ir ao Detran nem pagar taxa

O certificado de registro e licenciamento do veículo (CRLV) está disponível nas principais plataformas de smartphone — Android e iOS —, e o download independe de ida ao Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) ou de pagamento de taxa.

Para baixar o documento digital, é necessário fazer cadastro no site do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Depois, procurar pelo aplicativoCarteira digital de trânsito na App Store (iOS) ou na Play Store (Android) e seguir os passos para acessar.
No processo, são requisitados o número do Renavam e o código de segurança impresso no Certificado de Registro de Veículo – CRV (antigo DUT).
Caso haja débitos, é preciso quitá-los e baixar o documento apenas no dia útil seguinte, tempo necessário para o Denatran processar o pagamento.
É possível ter documentos de mais de um carro por celular. Todos os veículos precisam, no entanto, estar no nome do mesmo proprietário.
Vale lembrar que transitar em carro não licenciado constitui infração gravíssima, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Isso representa sete pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 293,47.
Fonte: Agência Brasília

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

“Quando ficava sem paciência, jogava a bebê no chão”, diz Elizana presa em flagrante


Anderson e Elizana

“Quando ficava sem paciência, jogava a bebê no chão”. A frase foi dita pela mãe da pequena Esther, de 6 meses, a uma agente da Polícia Civil no dia em que foi presa em flagrante suspeita de maus-tratos contra a filha e consta no inquérito, o qual será concluído ainda nesta semana. Elizana Pereira da Costa, 23 anos, e o pai da criança, Anderson Gustavo de Araújo Barbosa, 29, tiveram a prisão preventiva decretada e foram indiciados por feminicídio. Se condenados, podem pegar até 30 anos de cadeia.

Esther morreu após quatro dias internada no Hospital Materno Infantil (Hmib). “A lei protege a mulher desde o nascimento até a idade mais avançada, por isso foram indiciados por feminicídio. Houve um menosprezo em relação à bebê no âmbito familiar”, explicou o chefe da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), Hudson Maldonado, que investiga o caso.

A materialidade para indiciar o casal está em depoimentos colhidos dos médicos que atenderam a criança, dos policiais que tiveram o primeiro contato com os pais, de um amigo que ajudava a família financeiramente e do prontuário médico da bebê.


Há indícios de maus-tratos e negligência nos cuidados com Esther. De acordo com o delegado, as vacinas da menina estavam em dia, mas o casal não a levava para as consultas recomendadas pelo Ministério da Saúde — foram apenas duas em seis meses.

Em um desses poucos atendimentos feitos na Clínica da Família de Sobradinho, no dia 10 de outubro, uma médica notou que havia um deslocamento na clavícula da menina e sugeriu a internação. Também foi constatada perda de peso. A especialista será intimada a depor em um novo inquérito da Polícia Civil.

“Queremos saber se naquele momento já era possível identificar os indícios de maus-tratos e por que a profissional não acionou a polícia ou o conselho tutelar”, explicou Maldonado. Na consulta, a mãe alegou que o ferimento era devido a uma queda na banheira e se queixou também de vômitos em função de refluxo.

O conselho tutelar só tomou conhecimento do caso em 29 de outubro, pela direção do Hospital Regional de Sobradinho (HRS), onde a menina foi levada após parar de respirar em casa. Na unidade de saúde, médicos identificaram queimaduras na vagina, ânus, virilha e rosto da criança, além de lesões antigas já calcificadas.

O pai e a mãe receberam voz de prisão ainda no hospital, após denúncia da equipe de saúde. O delegado solicitou à Justiça que o casal passe por um exame psiquiátrico. “Precisamos entender se estamos lidando com monstros ou pessoas que sofrem sérios problemas psiquiátricos”, destacou o policial. Formalmente, o casal exerceu o direito de permanecer calado na delegacia. Segundo relatos, o pai era usuário de drogas e estava em tratamento há dois anos.

A bebê Esther


“Quando entrei na DP e vi eles, não imaginava que eram os pais da criança. Pensei que se tratava do registro de outra ocorrência. Todos que tiveram contato com o casal ficaram impressionados com a forma como eles ficaram diante da situação. Não demonstravam emoção, preocupação”, relatou Hudson Maldonado.

Para a polícia, a mãe atuou de forma ativa. Já o pai foi negligente com a situação. Não denunciou nem fez algo para mudar. O laudo cadavérico será concluído em 30 dias. O corpo da bebê foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal na manhã desta segunda-feira (5/11).

Fonte: Metrópoles

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Juiz Sérgio Moro aceita ser ministro da Justiça de Bolsonaro

Magistrado afirmou que escolha representará “um bem maior”. Juiz deixa imediatamente o comando da Operação Lava Jato




O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, aceitou nesta quinta-feira (1º/11) o convite feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), para comandar o superministério da Justiça.

O futuro ministro justificou a escolha em nota divulgada após o encontro: “Consolidar os avanços contra o crime e a corrupção dos últimos anos e afastar riscos de retrocessos por um bem maior”.

O próximo chefe do Palácio do Planalto se manifestou no Twitter a respeito do acerto da ida de Moro para o comando do Ministério da Justiça, cuja estrutura será ampliada. “Sua agenda anticorrupção, anticrime organizado, bem como o respeito à Constituição e às leis será o nosso norte”, destacou.

Moro deixou o condomínio de Bolsonaro, no Rio de Janeiro, às 10h45, após cerca de 1h30 de reunião. Na saída, o magistrado chegou a ensaiar uma entrevista no local, mas, diante do tumulto, saiu sem dar declarações.

O juiz chegou por volta das 9h à residência do presidente eleito. O próximo ocupante da mais alta cadeira do país convidou Moro para assumir o superministério da Justiça, que será ampliado e contará com órgãos de combate à corrupção – atualmente em outras pastas –, como a Polícia Federal e o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Fonte: Metrópoles

Últimas