sexta-feira, 31 de maio de 2019

Após publicação do segundo edital do BRB, especialista dá dicas de como se preparar corretamente para o certame


Na última terça-feira (7) o Banco de Brasília (BRB) publicou o segundo edital, desta vez, para concurso de nível superior. No certame serão ofertadas 12 vagas. Sendo 10 para os cargos de analista de tecnologia da informação, 1 para engenheiro de segurança do trabalho e 1 para médico do trabalho. Toda a avaliação será realizada, também, pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). 

O salário inicial para quem for conquistar uma cadeira no BRB será de R$ 7.690,22 para analista de tecnologia da informação e de R$ 11.041,46 para o cargo de engenheiro de segurança do trabalho. Ambos com carga horária de 30 horas semanais. Já para médico do trabalho, a carga horária é de quatro horas diárias e o salário é de R$ 9.873,24. 

Dicas

Faltando apenas dois meses para o novo concurso do BRB, a tendência do brasiliense é ficar desesperado por não saber por onde começar a estudar. Para contribuir com isso, o professor do IMP Concursos, Leo França, dá dicas para que o candidato comece a se preparar de forma correta. "Para uma boa preparação com curto prazo, não adianta o concursando apenas assistir às aulas. Claro que isso faz parte do processo, porém, o ritmo de estudos tem que ser diário, ou seja, o candidato tem que entender que não existe mais fim de semana, nem feriados", explica.

O professor afirma ainda que o concursando não pode estudar apenas o que gosta, até porque pode não render e ele pode se prejudicar. "É importante que os candidatos façam um planejamento com quadro diário de estudo, priorizando as matérias de maior peso, para que a preparação seja produtiva", finaliza. 

Lives IMP onlinePensando na boa preparação do aluno, o IMP Online realizará diversas lives com as matérias específicas do certame. Segue a programação:
Aula de administração
10/05-José Wesley
Diversidade
10/05-Dayane Xavier
Realidade do DF
13/05-Urani
Qualidade no atendimento
13/05-Glauber Mariho
LC 840/2011
14/05-Leandro Pereira
Direito Consumidor
14/05-Adisson Leal
Matemática Financeira
15/05-Gramática
Gramática
15/05-Raquel Cesário
Probabilidade Estatística
16/05-Walter Sousa
As aulas podem ser acompanhadas por através do YouTube.com/IMPConcursosOnlineOficial

Campus Party Brasília é pauta do programa Inside, do SBT Brasília, com Eldo Gomes



No dia 8 de junho, sábado, o programa Inside, que é apresentado por Rafaela Dornas, no SBT Brasília, a partir das 12h30, mostrará uma reportagem especial do youtuber/jornalista Eldo Gomes, que traz informações exclusivas sobre a 3ª edição da Campus Party Brasília. Eldo Gomes também é um dos embaixadores e palestrantes do evento, além de cobrir a programação em tempo real para seu canal no Youtube.  

A Campus Party é o maior evento de tecnologia e empreendedorismo do mundo. E acontece de 19 a 23 de junho de 2019, no Estádio Nacional Mané Garrincha, durante 5 dias, funcionando por 24h e com 350h de conteúdo. Segundo os organizadores, a Campus Party Brasília 2019 já é uma a segunda maior edição do Brasil. Isso mostra como o brasiliense está antenado com a inovação tecnológica.

Serviço:
O *Inside* vai ao ar 12h30, no sábado, com apresentação de Rafaela Dornas, pelo SBT Brasília

 Mais informações:
Lu Alves – (61) 99177-7277
Infinito Comunicação

sexta-feira, 17 de maio de 2019

IFB oferece mais de 1.500 vagas em cursos técnicos



As oportunidades são para as 10 unidades do Instituto Federal de Brasília. Inscrições vão até 31 de maio



O Instituto Federal de Brasília está com vagas abertas em 25 cursos técnicos. São 1.559 oportunidades ofertadas nos campi Brasília, Ceilândia, Estrutural, Gama, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Samambaia, São Sebastião e Taguatinga.

As inscrições devem ser feitas por meio deste link, e o cadastro vai até 31 de maio. O registro é gratuito e os candidatos serão escolhidos por meio de sorteio eletrônico. A previsão é de que as aulas comecem em 29 de julho.

Os interessados podem se inscrever em quatro modalidades diferentes. Os cursos integrados para Educação de Jovens e Adultos (Proeja) são destinados a pessoas maiores de 18 anos que ainda não concluíram o ensino médio.

A modalidade concomitante é para alunos que estejam cursando o ensino médio. O terceiro tipo de curso é o subsequente, para quem tem ensino médio completo.

Há ainda o regime em que o estudante pode alternar os períodos regulares de aprendizagem na escola, em função do trabalho. Entre os cursos disponíveis, estão os de técnico em eventos, comércio, eletrônica, logística, agropecuária, secretariado, cozinha e panificação. Veja a lista completa a seguir.

Campus Brasília
Técnico Subsequente em Eventos
Técnico Subsequente em Desenvolvimento de Sistemas
Técnico Subsequente em Comércio
Técnico Subsequente em Serviços Públicos (vespertino e noturno)

Campus Ceilândia
Técnico Subsequente em Segurança do Trabalho EAD
Técnico Subsequente em Eletrônica

Campus Estrutural
Técnico Subsequente em Manutenção Automotiva

Campus Gama
Técnico Subsequente em Logística
Técnico Integrado PROEJA em Administração

Campus Planaltina
Técnico Subsequente em Agropecuária (matutino e vespertino)
Técnico em Agroindústria em Regime de Alternância

Campus Recanto das Emas

Técnico Subsequente em Áudio e Vídeo (vespertino e noturno)
Técnico Integrado PROEJA em Produção Áudio e Vídeo

Campus Riacho Fundo

Técnico Subsequente em Cozinha
Técnico Subsequente em Panificação

Campus Samambaia

Técnico Subsequente em Controle Ambiental
Técnico Subsequente em Edificações
Técnico Subsequente em Móveis
Técnico Integrado PROEJA em Edificações

Campus São Sebastião

Técnico Subsequente em Secretaria Escolar
Técnico Subsequente em Secretariado

Campus Taguatinga

Técnico Subsequente em Eletromecânica
Técnico Subsequente em Manutenção e Suporte em Informática
Técnico Subsequente em Vestuário
Técnico Integrado Proeja em Artesanato

Fonte: Metrópoles

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Encontro de síndicos reúne palestras, serviços, produtos e soluções para o setor de condomínios

Na próxima semana, nos dias 21 e 22, o Distrito Federal recebe o 18° Encontro Brasileiro de Síndicos e Síndicos Profissionais - Enbrassp, promovido pela Abrassp, Abrassp Mulher, SindiCONDOMÍNIO-DF e Síndicos de Águas Claras, no auditório do campus do IFB de Samambaia, na boca da mata. O encontro contará com cerca de 15 estandes de empresas, além de rodada de palestras de qualificação para os síndicos, subsíndicos, conselheiros e administradores de condomínios. A expectativa é de receber mais de duzentos participantes durante o evento

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Governo aumenta preço da gasolina e litro passa a custar até R$ 5




Ao todo, o governo alterou os preços em 16 estados e no Distrito Federal. O diesel também aumentou em 14 unidades da Federação


Os motoristas devem preparar o bolso para um novo aumento no preço dos combustíveis. O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) divulgou, nesta segunda-feira (13/05/2019), a tabela com os valores a serem usados como referência pelas unidades federativas do país a partir da próxima quinta-feira (16/05/2019). Ao todo, o governo alterou os preços em 16 estados e no Distrito Federal.

Os novos valores abrangem, além do DF, Acre, Alagoas, Amapá, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo.

No DF, por exemplo, o preço médio da gasolina a ser praticado a partir de 16 de maio é o de R$ 4,60 o litro. As unidades da Federação com os valores mais altos são Minas Gerais (R$ 5,04), Acre (R$ 5,02) e Rio Grande de Norte (R$ 4,98).

Fonte: Texto e foto Portal Metrópoles

quarta-feira, 8 de maio de 2019

ABRASSP Mulher convida Mães e Síndicas para o Dia da Mãe Síndica

Pensando nas mães que ocupam hoje os mais diferentes espaços da vida contemporânea, inclusive os condomínios 


Entenda o que é uma Smart City



Segundo a união Européia, Smart Cities são sistemas e pessoas interagindo e usando energia, materiais, serviços e financiamento para catalisar o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida.

Esses fluxos de interação são considerados inteligentes por fazer uso estratégico de infraestrutura e serviços e de informação e comunicação com planejamento e gestão urbana para dar resposta às necessidades sociais e econômicas da sociedade.

De acordo com o Cities in Motion Index, do IESE Business School na Espanha, 10 dimensões indicam o nível de inteligência de uma cidade: governança, administração pública, planejamento urbano, tecnologia, o meio-ambiente, conexões internacionais, coesão social, capital humano e a economia.




Apesar de ser um conceito relativamente recente, o conceito de Smart City já se consolidou como assunto fundamental na discussão global sobre o desenvolvimento sustentável e movimenta um mercado global de soluções tecnológicas. Na busca por soluções para esse desafio, mais da metade das cidades europeias acima de 100.000 habitantes já possuem ou estão implementando iniciativas para se tornarem de fato Smart Cities.

A Secretaria de Ciencia, Tecnologia e Inovação do DF está trabalhando constantemente para transformar a capital do país em uma Smarty City. Tudo funcionará com aplicativos que podem simplificar a vida dos moradores, mas o seu uso vai além de simples utilidades automatizadas em soluções tecnológicas.

O secretário Gilvan Máximo destaca que na Cidade Inteligente os sensores estarão presentes em quase tudo. “Desde postes de luz e lixeiras, até em serviços públicos, demonstrando a economia alcançada por meio das rotinas automatizadas nesse painel de controle acessível a todos os moradores. Essa economia será direcionada para melhorias na estrutura e nos serviços oferecidos”, afirma.

Portal: SectiDF

terça-feira, 7 de maio de 2019

BRB lança segundo edital de concurso público com vagas para nível superior




Os salários podem chegar a R$ 11.041,46 para o cargo de Engenheiro de Segurança do Trabalho

O Banco de Brasília publica hoje (7/5), no Diário Oficial da União, mais um edital de novo concurso público. Na sexta (3), o BRB publicou edital de 100 vagas para escriturário (carreira bancária – nível médio). Desta vez, serão ofertadas 12 vagas para os cargos de Analista de Tecnologia da Informação (10), de Engenheiro de Segurança do Trabalho (1) e de Médico do Trabalho (1), todos de nível superior.


O salário é de R$ 7.690,22 para Analista de Tecnologia da Informação e de R$ 11.041,46 para o cargo de Engenheiro de Segurança do Trabalho. Ambos têm carga horária de seis horas diárias, totalizando 30 horas semanais. Já para a função de Médico do Trabalho, a carga horária é de quatro horas diárias e o salário é de R$ 9.873,24. Para as duas últimas funções, ainda, além do diploma, devidamente registrado, também é exigido certificado de conclusão de curso de especialização, em nível de pós-graduação.

Para o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, o lançamento dos concursos reforça o compromisso da nova gestão do Banco com o crescimento da Instituição e da valorização das pessoas. “Para que possamos ser protagonistas do desenvolvimento econômico, social e humano do Distrito Federal é fundamental que sejamos um banco completo. A abertura dos concursos reforça nosso compromisso”, disse.

As inscrições começam no dia 09/06 e seguem até 15/07. A prova está prevista para o dia 25 de agosto, no turno da tarde, e terá quatro horas e 30 minutos de duração. O concurso será composto de prova objetiva e discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

A prova objetiva será composta de 60 questões de múltipla escolha. Serão cobrados conteúdos de conhecimentos gerais, entre língua portuguesa, raciocínio lógico e matemática, inovação, Lei Orgânica do Distrito Federal e Regime Jurídico dos Servidores do Distrito Federal e conhecimentos sobre o Distrito Federal e sobre a RIDE. Os conhecimentos específicos variam, a depender do cargo. A prova discursiva será aplicada no mesmo dia e turno. O Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) foi a banca examinadora selecionada para conduzir o certame.

Os candidatos aprovados no concurso serão convocados para realização dos procedimentos pré-admissionais e exames médicos admissionais, observada a necessidade de provimento e ordem de classificação.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 63,00 e elas devem ser feitas, exclusivamente, via internet, no site www.iades.com.br . No mesmo endereço é possível obter outras informações sobre o concurso.

Fonte: CorreioWeb

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Proposta obriga restaurante a dar desconto de 50% para quem fez cirurgia bariátrica




Projeto de autoria do deputado federal Julio Cesar (PRB-DF) tem o objetivo de reconhecer as necessidades especiais dos pacientes que tenham passado por esse tipo de procedimento


Restaurantes, bares, similares e demais estabelecimentos que oferecem serviços de alimentação podem ser obrigados a conceder desconto de 50% sobre o custo dos serviços para pessoas que tenham se submetido a qualquer modalidade de gastroplastia. É o que prevê o Projeto de Lei 2425/2019, de autoria do deputado federal Julio Cesar (PRB-DF).


O projeto tem o objetivo de reconhecer as necessidades especiais dos pacientes que tenham passado por esse tipo de procedimento. “Todos os que se submetem a tais cirurgias devem adotar novos hábitos alimentares, com obediência estrita a dietas com exigências nutricionais muito específicas. Além disso, precisam passar a se alimentar de pequenas porções a cada refeição, em virtude da drástica redução de seu estômago”, avaliou o republicano.

Se o texto for aprovado, os pacientes que se encaixam nesta condição devem apresentar ao estabelecimento laudo médico ou declaração do médico responsável para a obtenção do desconto. A lei não se aplicará aos restaurantes que oferecem ao consumidor o serviço chamado self-service.


Para o republicano, não é justo que restaurantes cobrem de clientes que sofreram cirurgias bariátricas e que só podem se alimentar de pequenas porções de alimento o mesmo valor dos demais clientes, que não enfrentam tais restrições. “Deve-se conceder um desconto àquelas pessoas, em consonância com sua reduzida capacidade de consumo. Trata-se, aliás, do mesmo sistema empregado à cobrança de menores preços à crianças nesses mesmos estabelecimentos, prática comum em nosso país”, finalizou.

Texto e Foto: Ascom Dep. Julio Cesar

Últimas