sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Carro elétrico é tema de Audiência Pública na Câmara Federal





Na manhã desta quinta-feira (28), a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF participou da Audiência Pública para debater sobre a utilização de carros elétricos. O compartilhamento de carros chegou em Brasília em outubro deste ano, por meio do Programa VEM DF, fruto de uma parceria entre o Governo do Distrito Federal e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). A iniciativa de promover o debate foi do deputado federal Julio Cesar.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, Gilvan Máximo, falou do sucesso do programa VEM DF. “ Essa audiência tem um tema muito rico, pois os carros elétricos são a sensação do momento na tecnologia. Tivemos acesso ao clipping aonde a notícia do lançamento do programa VEM DF saiu em mais de 140 países. Por isso, a implementação do carro elétrico é muito importante porque seu uso é barato, não polui o meio ambiente, não faz barulho e o Governador Ibaneis está incentivando a utilização quando isentou por cinco anos de IPVA quem comprasse o carro elétrico”, destacou.



O deputado Julio Cesar afirmou que a utilização dos carros elétricos é uma realidade na nossa capital. “Não se fala em outra coisa em Brasília e não tenho dúvidas que estamos no caminho certo para tornar Brasília em uma cidade totalmente inteligente”, disse.

Atualmente, o programa VEM DF está sendo divulgado em órgãos do GDF para testes drives. De acordo com o programa, os carros serão compartilhados por um software (Mobi-e), desenvolvido pelo PTI em Foz do Iguaçu (PR), que permite reservar os veículos disponíveis e acompanhar a localização deles. O aplicativo rastreia o automóvel, monitora a velocidade, a carga de bateria, as rotas percorridas e até mede a quantidade de emissão de gás carbônico que deixou de ser enviada para a atmosfera. Os carros são desbloqueados com os crachás dos funcionários cadastrados no sistema.


Em Brasília, o projeto é destinado aos servidores públicos distritais - definidos pelo governo do DF - e tem como um dos objetivos reduzir os custos com a manutenção e combustíveis da frota oficial. Os eletropostos e os veículos serão cedidos pela ABDI ao governo distrital em forma de comodato, com cláusulas sobre operação, manutenção, taxas e seguros. 


Reportagem: Geysa Albuquerque

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Izalci promove Sessão Especial do Senado Federal em comemoração ao Dia do Síndico



O Senado Federal, por meio do senador Izalci (PSDB), realizará uma Sessão Especial em homenagem ao Dia do Síndico. A Solenidade ocorrerá no dia 02 de dezembro, segunda-feira, às 10h30, no Plenário do Senado Federal. O evento também será transmitido ao vivo pela TV Senado

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Julio Cesar Ribeiro promove debate sobre a utilização de carros elétricos



A utilização dos carros elétricos em Brasília já é uma realidade. A novidade referente ao compartilhamento dos veículos chegou à cidade por meio do Programa Vem DF, fruto de uma parceria entre o Governo do Distrito Federal e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

Com o intuito de ampliar a discussão sobre o tema o deputado federal, Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF), promove no próximo dia 28 de novembro, na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara, audiência pública para debater o uso dos veículos e analisar os impactos e desafios da inserção dos mesmos no mercado brasileiro.

“A utilização do veículo elétrico tornou-se mais uma opção de mobilidade aqui na cidade. Estamos nos referindo a um tema recente e por isso acho necessário debater este assunto, uma vez que o nosso objetivo é provocar subsídios que possam levar a uma utilização adequada, já que o governo local pretende transformar Brasília em uma cidade totalmente inteligente”, declarou o proponente, deputado Julio Cesar Ribeiro.

Serviço:

28/11/2019 – Audiência pública debate a utilização de carros elétricos

Hora: 10h

Local: Plenário 9 – Anexo II – Câmara dos Deputados

Texto e foto: Ascom- Dep Julio Cesar

domingo, 24 de novembro de 2019

CCJ aprova projeto que prevê instalação de alarme em banheiro para deficientes

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou vários projetos na manhã desta terça-feira (19)

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Projeto da SECTI revoluciona a tecnologia no DF




No último dia (7/10), a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, em parceria com o Governo do Distrito Federal, com a Agência Brasileira de Desenvolvimento da Indústria (ABDI) e com o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), lançaram o Programa de Eletromobilidade compartilhada de Brasília. O objetivo é iniciar a mobilidade inteligente que usa energia limpa e renovável e demonstrar a economia de recursos financeiros em contrapartida ao uso de combustíveis tradicionais. 

Os veículos são destinado ao uso exclusivamente a serviço, de forma compartilhada e apenas por servidores do GDF previamente cadastrados. Os carros poderão circular em rotas pré-estabelecidas, entre unidades do GDF, e os usuários tem de ser habilitados.



O Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, Gilvam Máximo, afirma que o governo distrital tem como objetivos possibilitar o uso de energia limpa, econômica e renovável. "Além disso, atrair frotas particulares, locadas ou por uso compartilhados de forma semelhante, seja por ente público ou privado. Desta forma o programa economizará recursos públicos visando a melhoria de qualidade de vida", disse.

Os veículos foram cedidos ao GDF em forma de comodato, com cláusulas sobre operação, manutenção, taxas e seguros. A capital do País possui vantagens para o uso de carros elétricos, ou seja, tem o relevo predominantemente plano, que reduz o consumo de bateria e a temperatura é amena.



Os veículos elétricos têm autonomia de até 100 Km e velocidade de até 80 Km/h. O compartilhamento dos carros elétricos será viabilizado por um software (Mobi-e), desenvolvido pelo PTI, que permite reservar os veículos disponíveis e acompanhar a localização deles. O aplicativo rastreia o automóvel, monitora a velocidade, a carga de bateria, as rotas percorridas, além de outras informações. Os carros serão desbloqueados com cartões dos funcionários cadastrados no sistema.



Nesta fase inicial a SECTI está proporcionando “test-drive” nos órgãos do GDF. A adesão de cada unidade interessada pode ser manifestada pelo SEI e dúvidas são tiradas na Secretaria, pelo telefone 3312-9919 ou pelo e-mail secretariaexecutiva@secti.df.gov.br.


Reportagem: Geysa Albuquerque

Fotos: Ascom-Secti/DF

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

"Não devemos mudar o nosso corpo para agradar as pessoas", diz Miss Plus Size DF.


E ela não para. Luana Lima, Miss Distrito Federal vai representar o DF em mais um concurso. Dia 18 a 22 de novembro em São José do Rio Preto (SP). Ela que já conquistou vários títulos e agora vai em busca do título de MISS BRASIL PLUS SIZE. 

Recentemente, Luana Lima, ( julho de 2019) representou o DF, no concurso A mais bela gordinha do Brasil, e foi a escolhida do público virtual,  com mais de 800 votos. 

A Miss que desenvolve trabalhos sociais e causas de  empoderamento. Precisa da sua ajuda, para buscar mais esse título. Os custos com o concurso são altos, pois vão desde a taxa de inscrição, a passagens, hotel, translado,  alimentação, transporte e trajes.



Luana Lima acredita, que devido as mudanças de posicionamento, as mulheres reais, que sempre foram as fora de PADRÃO, estão ganhando mais representatividade, espaço e voz. "Graças a mulheres que perderam o medo e a vergonha de mostrar o corpo real. Aquele corpo sem retoques e efeitos, corpos reais e que nos representam. Tento mostrar a cada dia, que o poder de cada mulher, está em suas  mãos, que somos lindas e que podemos tudo", afirma Luana.

A Miss  ainda destaca que a mulher pode estar na política, nas passarelas, onde ela  quiser. "E participar de concursos, me permite, levar esse recado. De que o nosso corpo vai além de aparência, pois somos mais que um corpo, temos uma essência. Carregamos uma história. E o fator principal é que não devemos mudar o nosso corpo para agradar pessoas. Mas as pessoas, devem mudar o seu conceito e ter respeito pelas particularidades de cada pessoa. Pois somos um ser único", finaliza.



Reportagem: Geysa Albuquerque 

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

IMP Concursos promove aulões nos dois últimos fins de semana de novembro



Para contribuir com a preparação para os concursos da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), o IMP Concursos programou aulões beneficentes para quem busca dicas de estudos.

O primeiro aulão, de Raciocínio Lógico para a PCDF, será realizado em dois encontros. No próximo sábado (23) e no sábado da semana seguinte (30), das 8h15 às 11h50, no IMP de Águas Claras.  O curso será ministrado pelo professor Décio Sousa que leciona com maestria as matérias de Raciocínio Lógico, Matemática, Legislações Correlatas ao Direito e Gerenciamento de Estudos de Alta Performance para concursos públicos em geral.

Para participar, os candidatos deverão realizar a inscrição pelo site do IMP Concursos ou presencialmente, e doar um pacote de fralda descartável infantil que deverá ser entregue no dia do aulão. O evento é sujeito a lotação.

Já o aulão beneficente para o TJDFT acontecerá no dia 30 (sábado) e será ministrado pelas professoras Raquel Bueno e Roberta Queiroz, especialistas em Direito Civil. O encontro será realizado na unidade de Águas Claras das 8h15 às 11h50.

As inscrições poderão ser realizadas presencialmente ou por meio do site www.impconcursos.com.br e para a entrada é preciso levar 2k de alimentos não perecíveis. A entrada dos inscritos se dará mediante a entrega da doação. 

Serviço:

Aulão Solidário de Raciocínio Lógico para a PCDF
Data: 23 e 30 de novembro
Local:  Avenida Jacarandá – Lote 16 – Águas Claras
Horário: 8h15 às 11h50
Entrada: 1 pacote de fralda infantil

Aulão Beneficente para o TJDFT
Data: 30 de novembro
Local:  Avenida Jacarandá – Lote 16 – Águas Claras
Horário: 8h15 às 11h50
Entrada: 2 kgs de alimentos não perecíveis 

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Como conciliar os estudos para PCDF e Policial Legislativo?


No início de outubro foi autorizado o concurso para o Senado Federal. Um dos destaques do certame é o cargo de policial legislativo com salário que chega a R$ 19 mil.
Para quem está se preparando para o certame da Policial Civil, seja para o cargo de agente ou escrivão, essa autorização foi uma boa surpresa. Mesmo tendo como meta principal uma determinada carreira, sempre pode aparecer algum concurso interessante durante a preparação, que chama a atenção e pode ser um ótimo plano B, esse é o caso do cargo para Policial Legislativo do Senado Federal.

Para ajudar os concursandos de plantão a conciliarem os estudos para Policial Civil e Policial Legislativo, os professores Júlio Ponte e Laryssa Neves do IMP Concursos dão dicas infalíveis para quem quer encarar o desafio duplo com sucesso.

Para Laryssa Neves, professora de direito penal, administrar os estudos na mesma área é uma maneira eficaz de se preparar para vários certames ao mesmo tempo. "Assim o candidato aproveita o conhecimento adquirido em muitas disciplinas e poupa tempo. Em concursos de carreiras policiais, existem poucas diferenças entre os conteúdos cobrados. Quem já está estudando para a Policia Civil já está bem avançado para o de Policial Legislativo", comenta a professora.

De acordo com o professor de Regimento Interno do Senado Federal, Júlio Ponte, o estudante que está focado para agente ou escrivão já tem mais da metade do caminho andado. "Provavelmente, quando sair o edital para Policial Legislativo apenas duas ou três matérias a mais serão diferentes do certame para a Policia Civil. O melhor caminho para quem quer aproveitar o concurso do Senado Federal é estudar com base no último edital do cargo desejado. Quando sair o atual, se vier alguma novidade basta estudá-la. Se após sair o edital o concursando ainda for começar a estudar tudo ele vai estar atrasado", destaca o professor.

Confira algumas recomendações oferecidas pelos professores:
 - Se atente à similaridade dos editais e confira quais matérias e conteúdos constam em ambos.
- Organize o cronograma de estudos para Policial Legislativo com o edital passado.
- Muita atenção nos conteúdos de Português, Raciocínio Lógico e Informática, essas matérias estão presentes em todos os concursos e desclassificam muitos candidatos.

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Aulão para escrivão da PCDF na Night de Sábado


No último dia 24, foi assinado o contrato com a banca responsável por realizar o concurso para Escrivão de Polícia. Serão 300 vagas para o cargo em um dos certames mais aguardados pelos concursandos. Após a assinatura do contrato, a banca tem até 15 dias para publicar o edital.

Para dar um gás nos estudos, o IMP Concursos vai oferecer no dia 02/11 um super aulão com as disciplinas mais importantes para cargo de Escrivão da Polícia Civil do Distrito Federal.  O IMP Night: Contagem Regressiva para a PCDF, acontece das 17h às 22h, na unidade da Asa Sul (603). Os interessados em participar podem fazer a inscrição pelo site www.impconcursos.com.br, mediante pagamento da taxa de R$ 10 + 2 kilos de alimentos não perecíveis que deverão ser entregues no dia do aulão.  

Temas relevantes, bastante conteúdo, esquemas, questões e dicas exclusivas de preparação serão ministradas pelo time de especialistas em aprovação do IMP Concursos. Os professores participantes são: Victor Falcão (Direito Penal), Rodrigo Larizatti (Direito Penal), Claiton Natal (Gramática e Texto), José Wesley (Administração Geral, Pública e ARM), José Trindade (Direito Administrativo e Leis) e Elias Batista (Direito Constitucional).

Serviço - IMP Night: Contagem Regressiva para a PCDF
Data: 02/11
Local: SGAS 603, Conjunto C- L2 Sul
Horário: 17h às 22h
Entrada: R$ 10,00 + 2 kg de alimentos não perecíveis, exceto sal.
Vagas limitadas
Evento sujeito a lotação

Últimas